A saúde do cão idoso: principais cuidados

Todos sabemos o quanto é importante manter a saúde dos nossos bichinhos em dia. E esse cuidado deve ser ainda maior quando eles envelhecem. A saúde do cão idoso se torna mais frágil e merece toda a nossa atenção.

Você precisa entender, primeiramente, que a idade dos nossos cães avança de acordo com o tamanho deles. Sendo assim, a velhice se inicia após os cinco anos para os cachorros gigantes com mais de 40 quilos. Já os grandes, com peso entre 25 e 40 quilos são considerados idosos a partir dos seis anos.

Os médios, com 11 até 25 quilos começam a envelhecer a partir dos sete anos. E, no caso dos pequenos com até 10 quilos, precisam de cuidados especiais a partir dos oito anos. Quer aprender os principais cuidados com seu cão idoso? Confira as nossas dicas:

Alimentação

Os cachorros idosos precisam de uma alimentação mais rica em vitaminas e nutrientes. E também, estarão com o metabolismo mais lento, então é importante diminuir as calorias diárias.

Além disso, ofereça alimentos mais fáceis de mastigar. Caso seu cão possua alguma doença cardíaca ou renal é válido investir em alimentos especiais. Pergunte sempre ao veterinário do seu bichinho quais as melhores opções para oferecê-lo.

Atividade física

Um cão idoso ainda necessita praticar atividades físicas diárias, porém com menos intensidade. Sua energia e saúde vão se reduzindo ao longo dos anos, mas eles ainda precisam evitar as atrofias e fortalecer os ossos e músculos.

Mantenha os passeios e as atividades sempre presentes, mas com tempo e intensidade reduzidos.

Não esqueça as limitações

Assim como as pessoas mais idosas, os cães também possuem suas limitações. Por isso, é necessário atentar-se com as mudanças no dia a dia do seu pet. Eles podem se desorientar ao começarem a perder a audição e o olfato.

E também podem ficar mais tempo deitados, então ofereça mantas macias para evitar calos e feridas. Seja bastante paciente com as limitações do seu cão.

Idas ao veterinário com mais frequência

Os pets mais idosos necessitam cuidar da saúde com mais frequência. Seus ossos, músculos e órgãos ficam cada vez mais frágeis. Diante disso, é importante manter em dia suas consultas com veterinário, além de realizar mais exames.

O ideal é levá-lo a cada seis meses ou se aparecer algum sintoma diferente. Mantenha sempre a saúde do seu cão idoso em dia. Cuide dele ainda mais quando os sinais de velhice aparecerem. Proporcione muito amor e atenção a quem você ama até os últimos dias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *